terça-feira, 29 de março de 2016

SE ALIMENTARMOS AS CRIANÇAS COM AMOR, OS MEDOS MORRERÃO DE FOME. 

Para que nossas crianças cresçam de maneira equilibrada, basta alimentá-las com amor para que seus medos e seus problemas emocionais morram de fome…
Ofereça um lar no qual se sintam protegidas e abrigadas: Um lar é criado a partir das emoções das pessoas que o compõem. As centenas de brinquedos em seus quartos não servem para nada se não compartilharmos com eles nosso amor através de gestos de carinho e de cuidado.
Fale com elas de maneira carinhosa: Quando as crianças fazem alguma coisa errada ou se comportam de maneira agressiva estamos acostumados a empregar estratégias de rejeição. Alguns exemplos são dizer “Não te amo mais” ou “Você é muito malvado”. Entretanto, desta maneira elas não irão entender que o que está errado é o que fizeram, e não o seu valor próprio. Por essa razão, as mensagens que devemos transmitir a elas são do tipo “Não está certo o que você fez”. Assim, não iremos diminuir a sua autoestima nem colocar em dúvida nossos sentimentos por elas.
Dê a elas o seu tempo, seu interesse e o desejo de aproveitar os desafios que nos propõem: O que nossas crianças enxergam em nós, para elas, não está presente em mais ninguém. Por isso, é indispensável dedicar nosso tempo e nosso interesse genuíno a elas, e oferecer uma visão do seu mundo de maneira amorosa e incondicional.
Extraído: bibliotecadaantroposofia@antroposofy.com.br

good feeling

Adam Pash Editor-in-Chief of Lifehacker https://www.ebanx.com/br/ebanx-dollar-card?referral_code=FB4699887J&referral_name=Mario  Mario Souza na Doctoralia

Pesquisar este blog

Páginas

O outro que há em mim é você.!

Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Uso esse blog para compartilhar minhas reflexoes assim como artigos de interesse em geral. Tratar de assuntos ligado a saúde biopsicossocial.

patrocinadores

 Mario Souza na Doctoralia